sábado, 30 de novembro de 2013

A Criação

                Há algum tempo já não me pergunto se Deus existe ou não. Como minha profissão é ligada à ciências é muito contraditório ficar acreditando em milagres e coisas do gênero. Porém, esses pensamentos vão e voltam... assim como a Grande Pintura de Michelângelo no topo da Capela Sistina (A Criação de Adão) onde os dedos de Deus e do Homem quase se tocam, mas fica a dúvida filosófica se quem criou Deus foi o Homem ou vice-versa ou como Voltaire disse: "Se Deus não existisse teria de ser inventado".
                Ateístas famosos como Richard Dawkins (famoso biólogo britânico autor de "Deus um delírio") afirmam que o mundo seria melhor sem religião e cita massacres originados na fé religiosa como as Cruzadas, a Inquisição e culminando com a ataque ao World Trade Center. James Randi famoso "caçador de paranormais" oferece um milhão de dólares para quem demonstrar qualquer fenômeno sobrenatural em condições científicas... nunca ninguém conseguiu. Dizem que Newton estudou a Bíblia e não encontrou nada que pudesse indicar algo de extraordinário... apenas um livro de histórias.
                Darwin acabou com a história de que o homem veio do barro, Copérnico provou que a Terra é apenas um planeta que gira ao redor de uma estrela de terceira grandeza nos arredores de uma galáxia de periferia. Somos seres sem destaque nenhum na imensidão do universo. Mesmo o Big Bang que originou tudo pode ter duas explicações para uma origem sem causa: 1) o tempo pode ser modificado pela gravidade, como a gravidade inicial era absurda, ele não existia antes da grande explosão. 2) alguns astrônomos dizem que o ciclo é normal e acontece de forma natural e matematicamente previsível.
                Porém, como tudo nesta vida, aquilo que nos parece certo esconde questões que nos fazem pensar em novas perguntas que ainda não foram feitas.
                Essas questões eu não pesquisei para saber se são verdadeiras, mas mexem com a nossa cabeça.
                Dizem que no Gênesis a Terra foi criada em 06 dias (o sétimo para descanso)... bem, como o tempo é proporcional à gravidade o primeiro dia posterior ao Big Bang teria oito mil milhões de anos (essa conta teria como base a comparação de ondas de luz reminiscentes na origem do universo com as ondas geradas pela luz na Terra... hummm... sem detalhes pela minha ignorância...) de duração. O segundo dia, com a dispersão dos átomos, teria quatro mil milhões de anos, terceiro dois mil milhões de anos, quarto mil milhões, quinto quinhentos milhões, Sexto duzentos e cinquenta milhões de anos. Coincidentemente, 15 mil milhões de anos é um cálculo muito próximo ao que a ciência atual dá para a idade do universo. No segundo dia, segundo a Bíblia, foi feito o céu e o firmamento... mesmo período em que se supõe a criação da via Láctea e do Sol (quatro mil milhões de anos). Terceiro dia: dois mil milhões de anos... criação da terra e do mar, mesmo período que se supõe o resfriamento da terra e aparecimento de água, bactérias e algas. Quarto dia (mil milhões de anos) criação dos luzeiros no céu da Terra, formação do Sol, Lua e Estrelas como as vemos hoje em dia com a atmosfera rica em oxigênio e ozônio. Quinto dia (quinhentos milhões de anos) "...Pululem as águas de uma multidão de seres vivos, e voem aves sobre a terra, debaixo do firmamento dos céus...", fósseis indicam ser essa a idade da Terra quando apareceram esses animais. Sexto dia (duzentos milhões de anos) época em que caiu um grande meteoro que extinguiu dinossauros para que houvesse a proliferação dos mamíferos que deram origem ao HOMEM.

Outra coisa intrigante... para que houvesse vida no nosso planeta o modo como foi realizada a grande explosão e a organização dos átomos, a criação do átomo de carbono que é essencial à vida como conhecemos, é de uma complexidade de coincidências que dificulta a visão de simples arranjo cósmico. Se a Terra desviasse de sua órbita por alguns metros e não houvesse a formação da Lua, o planeta seria árido como qualquer outro. Para que surgisse um ser tão complexo como o homem por simples mutação de genes é inconcebível se pensar até em milhões de anos. Seria como ganhar uma mega-sena cósmica anualmente.

Talvez estejamos pensando o Universo de forma errada... se olharmos um cão ou gato e dissecarmos seus órgãos, analisarmos seu cérebro, estudarmos seu comportamento, detalharmos sua árvore genealógica... mesmo assim, não estaremos a definir quem é o MEU CÃO... assim como você pode desmontar um televisor e não saberá para que serve sem as novelas, noticiários e propagandas.

A cada mistério desvendado outros dois mistérios são revelados.....