sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Escolhas

       Dizem que nosso livre-arbítrio não existe..... Cientistas dizem que nosso cérebro decide o que fazer antes que tenhamos consciência disso (ver Benjamin Libet). Nietzsche também dizia que, se Deus é todo-poderoso, conhece o passado e o futuro, então nosso destino já está traçado, não há espaço para escolhas, além do que expôs a teoria do eterno retorno.
       O Budismo também diz que a vida é uma ilusão de nascimento, sofrimento e morte... a Samsara ou Roda da vida. Então tudo nasce, vive e morre... um inseto é assim, nós somos assim e o Universo é assim... vivemos num ciclo sem fim... e realmente, a ciência começa a provar que isso se confirma: o Universo nasceu de um Big Bang e teorias dissertam que vai morrer no Big Crunch (toda matéria vai se afastar e começar a se contrair novamente).
       O Demônio de Laplace diz que matematicamente tudo é previsível: se soubéssemos a posição, velocidade e direção de cada partícula do universo seríamos capazes de conhecer todo o passado e futuro, uma vez que tudo se encontra determinado.
       Porém, existe um enigma que surge nas pequeninas coisas: A teoria quântica fala de um indeterminismo no mundo atômico. É impossível determinar o comportamento de uma micropartícula (se ela se comporta como onda ou matéria) sem a presença do observador. Essa característica deu origem ao Princípio da Incerteza e à Teoria do Caos.
       Falando em caos... quem tem um gato ou cachorro em casa sabe que o "caos" que eles produzem não pode ser previsto ou calculado, né?!